CIA INVERSOS

A Cia Inversos de Teatro foi formada em 2007, em Macaé/RJ, e surgiu da inquietação de um grupo de jovens atores que desejava buscar novas formas de arte, e acreditava que mesmo o cotidiano é objeto de reflexão e ação artística.

O seu primeiro trabalho intitulava-se “Fernando Em Pessoas”, um trabalho que apresentava o corpo como forma de expressão e utilizava poemas do poeta Fernando Pessoa como estrutura do processo, realizando assim, apresentações em instituições filantrópicas, unidades de ensino e espaços alternativos. Participou também de Festivais Nacionais com esquetes teatrais, ministrou oficinas e workshops de teatro, além de participações em projetos de leituras dramatizadas em feiras culturais no município de Macaé.

Em junho de 2010 a Cia Inversos deu início a montagem de um novo espetáculo: COMPANHEIROS.
Longe de ser uma peça exclusivamente política, Companheiros destaca temas como amores, desilusões, saudades, partidas e, principalmente, encontros. Encontros como o da Cia: o de jovens artistas em busca de identidade, de conhecimento, de oportunidades, num Brasil 40 anos mais velho.

Por se tratar de um tema histórico, a Cia teve muito cuidado na seleção de material que embasou o texto e a proposta de encenação para retratar de maneira fiel as angústias dos jovens num momento de transição pessoal e social. Durante 9 meses este trabalho foi preparado e hoje constitui-se no principal projeto da Cia.

Em 2011 a Cia Inversos torna-se a primeira companhia profissional de teatro do Ponto de Cultura CIEMH² (Centro Integrado de Estudos do Movimento Hip Hop) uma Instituição sócio-cultural de utilidade pública, sem fins lucrativos, que articula ações sócio-culturais e fomenta o protagonismo juvenil da comunidade, ações essas que baseiam-se em oficinas culturais gratuitas; formação de artistas e grupos profissionais; qualificação para o mundo do trabalho e geração de renda; fomento à gestão cultural; residência e intercâmbio com artistas e grupos nacionais e internacionais; pesquisa em dança, cultura Hip Hop, Funk e temas afins. A instituição é o primeiro Ponto de Cultura do município e tem em seu currículo inúmeros prêmios e projetos aprovados em editais públicos.

Um destaque da Cia é a formação dos artistas integrantes, que ocorreu na Escola Municipal de Artes no município de Macaé, interior do estado do Rio de Janeiro, uma escola que sempre priorizou a qualidade e o fomento de ações culturais, sendo assim, a Inversos coloca como foco a execução de projetos sempre voltados para a região.